Está aqui

MANJISHTA

Imunidade antiviral

MANJISHTA
  • Tinospora cordifolia ajuda na produção de anticorpos e imunidade do corpo
  • Ocimum sanctum promove um ótimo funcionamento do sistema respiratório
  • Withania somnifera melhora os sintomas de músculos e articulações cansados
  • Andrographis paniculata promove a imunidade do corpo, funções do fígado e desintoxicação corporal
  • Curcuma longa melhora a inflamação das vias respiratórias, trato digestivo, fígado e pele
  • Melhora os sintomas após uma mordida de carrapato

Categorias: infeções viral e bacteriana, sintomas de gripe, mononucleose, sistema imunitário, antibiótico de ervas, doença de Lyme, desintoxicação

Preço: 5,95 €
inclui IVA
Portugal VAT Rates: PT Continental Standard

Ingredientes

tinospora cordifolia, ocimum sanctum, withania somnifera, andrographis paniculata, curcuma longa, emblica officinalis, terminalia chebula, terminalia bellirica, glycyrrhiza glabra, tribulus terrestris, pterocarpus marsupium, santalum album, centella asiatica, terminalia arjuna

Peso

100g de chá a granel

Dose Recomendada

2 - 3 chávenas por dia

Preparação

Deixe ferver em fogo lento uma colher de chá da mistura de ervas (aprox 2g), durante 3-5 minutos ou verta 250ml de água a ferver e deixe em infusão durante 10 minutos.

Uso

As ervas dos Himalaias são tradicionalmente fervidas durante 3 a 5 minutos, no caso de serem usadas para melhorar as funções mentais e corporais. Este tipo de decocção tem efeitos mais fortes, um sabor mais suave e beneficia a nossa digestão, permitindo uma assimilação adequada dos extratos das ervas dos Himalaias, que promovem a saúde. Os chás são bebidos como parte do nosso regime diário, durante o período de duração dos transtornos de saúde. Se fizer uma terapia à base de ervas, o chá pode ser tomado por um período de 1 a 3 meses, de acordo com a dose diária indicada na respetiva etiqueta. Dê uma semana de descanso, após acabar cada caixa de chá.

Recomendamos o uso de, no máximo, dois tipos de chás ao mesmo tempo. Para reduzir os sintomas de doenças comuns, podem trocar-se vários chás num período diário ou semanal. Sendo este o caso, os chás são bebidos separadamente com uma hora de intervalo entre cada um. Quando tomados como prevenção, estimulante ou de apoio, a infusão de ervas é suficiente por um período ilimitado de uso. Para um efeito mais eficaz na saúde, os chás tomam-se quentes antes de comer. O sabor específico de cada chá faz parte do seu efeito terapêutico e corresponde às propriedades da saúde ayurvédica dos seis sabores. Portanto, não se recomenda qualquer tipo de adoçante.

Produtos Relacionados