Está aqui

O lendário rei Shivaji

Chhatrapati Shivaji Maharaj (1630-1680) foi um lendário guerreiro e sábio governante do Império Maratha, que ocupou grande parte do que é atualmente a Índia.

A sua capital era Pune, onde governou como rei "Raja" e, mais tarde, assumiu o título de imperador "Chatrapathi", elevando-se formalmente ao nível de um monarca mogol. Mudou o curso da história da Índia ao desafiar o domínio da dinastia Mughal e ao criar uma sociedade orgulhosa e patriótica a partir de uma população subjugada que acabou por quebrar o poder do Império Mughal.

Shivaji não lutou contra os muçulmanos ou a sua religião, mas apenas contra o domínio dos governantes mogóis. Pelo contrário, ele amava e respeitava profundamente todas as religiões. Disse uma vez que o hinduísmo e o islão eram manifestações do mesmo espírito divino e encorajou toda a gente a praticar a sua própria religião.

Embora cumprisse conscienciosamente os seus deveres reais, continuava a sentir que faltava algo na sua vida. Por isso, visitava templos e locais de peregrinação, mas não conseguia sentir a verdadeira paz e tranquilidade da meditação profunda. Por isso, começou a procurar um mestre. Finalmente, numa aldeia, encontrou um santo sentado debaixo de uma árvore com alguns dos seus discípulos. Shivaji aproximou-se humildemente dele e pediu-lhe que o aceitasse como seu discípulo. O santo respondeu: "Aceito-te como meu discípulo, mas o teu dever é proteger os teus súbditos. O meu dever é rezar e meditar. Se quiseres, podes visitar-me de vez em quando". O Rei Shivaji concordou, regressou ao seu palácio para retomar os seus deveres reais e ficou muito feliz por ter encontrado o seu Mestre espiritual. O nome deste santo era Ramdas e estávamos no ano de 1672.

O nome e a fama de Shivaji espalharam-se muito para além de Maharashtra e penetraram em todos os cantos do subcontinente indiano. Até o governo britânico tinha uma imensa admiração por ele. Todas as capacidades exteriores de Shivaji deviam-se à sua coragem moral e à dimensão espiritual da sua vida. A oração e a meditação eram mais importantes para ele do que o poder real. Ele desejava ser um servo de Deus e não um governante do homem. Sabia, por experiência própria, que o sucesso, a riqueza e a fama nunca poderiam igualar a paz e a felicidade interiores.

Delicie-se com a antiga fragrância oriental dos paus de incenso SHIVAJI, infundidos com óleos essenciais puros de mirra Guggul, sálvia, cedro e sândalo, alecrim, gerânio e laranja amarga, inspirados no lendário rei indiano Shivaji, que não desejava fama, mas uma profunda paz interior. Descubra Attar - Fragrâncias Orientais da Índia Real!

Produtos Relacionados

SHIVAJI

Fragrância calmante de Guggul

SHIVAJI
6,90 €
-+

AKBAR

Fragrância revigorante de almíscar

AKBAR
6,90 €
-+

MAHARANA PRATAP

Fragrância energizante de Bergamota

MAHARANA PRATAP
6,90 €
-+

KARMAVATI

Fragrância nobre de mirra

KARMAVATI
6,90 €
-+

JODHA BAI

Fragrância encantadora de jasmim

JODHA BAI
6,90 €
-+

MIRA BAI

Fragrância mística de franquincenso

MIRA BAI
6,90 €
-+

MUMTAZ MAHAL

Fragrância cativante de baunilha

MUMTAZ MAHAL
6,90 €
-+