Está aqui

O Segredo Ayurvédico da Imunidade Saudável - Ojas

Do ponto de vista científico ocidental, a imunidade é a capacidade do corpo de se defender contra substâncias nocivas (antígenos), que podem vir tanto do ambiente externo quanto do ambiente interno.

O sistema imunológico consiste em: leucócitos (glóbulos brancos), órgãos linfáticos como o timo e a medula óssea - onde os linfócitos (um tipo de glóbulo branco) são formados, bem como nódulos linfáticos, baço e tecidos linfáticos que capturam antígenos. Atualmente, a imunologia é um dos ramos da biologia moderna em mais rápido crescimento.

Se quisermos dar uma olhadela ao conhecimento da medicina Ayurvédica, descobriremos que para esta, a imunidade significa mais do que apenas resistência. É a essência mais profunda da energia de vida do corpo, que não só protege o homem a um nível físico, mental e espiritual, como também rejuvenesce o corpo e aumenta a longevidade e a realização interior.

A Base da Imunidade é o Equilíbrio Psicossomático

O primeiro pré-requisito básico para uma imunidade saudável é o equilíbrio das três bioenergias vitais (dosha) vata, pitta e kapha. Cada pessoa nasce com uma proporção única destas três energias, que estão associadas aos cinco elementos (vata - ar & éter, pitta - fogo & água, kapha - terra & água). Esta configuração inicial original, que determina a nossa aparência física, bem como tendências e inclinações mentais, surge no momento da conceção de acordo com a proporção de dosha no óvulo feminino e no espermatozoide masculino e é chamada de prakrti. Devido a fatores externos e internos, este equilíbrio e a proporção de dosha original desviam-se durante a vida e o estado atual ou vikrti é formado.

Se vivermos em harmonia com as nossas características únicas e seguirmos um estilo de vida saudável, comermos adequadamente e cultivarmos relacionamentos saudáveis, uma proporção equilibrada de dosha influenciará e moldará adequadamente as funções fisiológicas e o metabolismo do corpo, incluindo a saúde mental e psicológica. Como resultado, os tecidos do corpo humano serão regularmente e suficientemente nutridos e, no final do processo de nutrição do corpo, o poder sagrado da imunidade será formado, que, de acordo com a Ayurveda, consiste nas três energias subtis de ojas, tejas e prana.

7 Tecidos Corporais - a Nutrição do Corpo

Portanto, se entendermos a nossa constituição natural e tratarmos o nosso corpo de acordo com a mesma, um metabolismo estável baseado num nível saudável de fogo digestivo (agni) será capaz de transformar alimentos e perceções vindas de fora em elementos funcionais e construtores do nosso corpo.

A Ayurveda distingue 7 tecidos corporais (dhatus), que formam o corpo humano. Dos alimentos que ingerimos, um fluido incolor chamado plasma (rasa) é formado após os primeiros cinco dias, a partir do qual o sangue (rakta) é formado após outros cinco dias, a partir do qual os músculos (mamsa) são formados após cinco dias, depois o tecido adiposo (meda), ossos e articulações (asthi) a partir da medula óssea, depois o tecido nervoso (majja) e finalmente, após mais cinco dias, o tecido reprodutivo masculino e feminino (shukra / arthava). Todo o processo de nutrição leva 35 dias, após os quais o ojas, a essência subtil vital destes sete tecidos corporais, é formada.

As Substâncias Subtis da Imunidade - Ojas, Tejas e Prana

Ojas, tejas e prana são as essências mais refinadas das três energias biológicas, os  doshas vata, pitta e kapha, e devem corresponder à sua proporção ótima de acordo com a prakrti individual.

  • Ojas é a essência pura do kapha, especialmente o elemento água.
  • Tejas é a essência pura do pitta, especialmente o elemento fogo.
  • Prana é a essência pura do vata, especialmente o elemento éter.

Ojas - o Princípio mais Profundo da Imunidade

Ojas é uma substância protoplasmática viva, que é a base da imunidade física de cada célula e protege a integridade do indivíduo. É formado a partir do último tecido (reprodutivo), shukra / arthava e contém todos os cinco elementos básicos. Passa pelo coração, circula pelo corpo e mantém a resistência natural de todos os tecidos. Ojas também contém várias hormonas e, por isso, mantém o equilíbrio hormonal. Se o fluxo de ojas ao redor do corpo parar, o corpo ficará muito enfraquecido. Quem tem um ojas forte raramente fica doente.

A estimulação excessiva dos sentidos e da atividade da vida íntima, a frustração intensa, o estilo de vida agitado e o stress enfraquecem o ojas, e isso permite que as energias negativas passem mais facilmente para o nosso sistema e criem desarmonia. Quanto mais fraco o ojas, menos resistência temos aos fatores de stress. Se a força do fogo digestivo (agni) também for insuficiente, ocorre uma acumulação excessiva de toxinas, o que enfraquece a formação desta essência e, consequentemente, reduz a resistência do sistema imunológico. Ojas reduzido também resulta em dor no peito, palpitações, falta de ar, desidratação, perda de massa muscular, osteoporose e cancro.

Ao nível psicológico, o ojas traz a habilidade de compaixão, amor, paz e criatividade. Os exercícios de meditação e respiração (pranayama) fortalecem o poder de ojas e transformam-no em energia espiritual, criando aura. Este estado de calma mental sem julgamento, exigência ou stress traz estabilidade mental, energiza o corpo e desperta as forças da alma. Uma pessoa com um ojas forte tem olhos brilhantes, um sorriso reconfortante e uma imunidade reforçada.

Tejas - o Princípio da Inteligência Biológica

Tejas é a energia da inteligência biológica de cada célula do corpo. Representa o brilho interno e o brilho externo. É uma chama ardente de luz interior, calor, digestão, metabolismo, inteligência, movimento e a energia dinâmica da vida humana. Ao nível externo, representa o calor e a radiância do sol.

Tejas controla o metabolismo por meio de um sistema enzimático e direciona a conversão dos componentes nutricionais em tecidos finos. Em essência, é também uma substância energética de um alimento tratado termicamente, que é mais macio, mais leve e para o fogo digestivo mais fácil de digerir. A água morna tem um efeito de limpeza e desintoxicação na digestão. A água fria cria toxinas e enfraquece o processo digestivo. Por esta razão, obter as três essências da vida (ojas, tejas e prana) a partir apenas de uma dieta crua é muito mais difícil.

A falta de tejas leva à superprodução de tecido defeituoso, o que faz com que os tumores cresçam e impede o fluxo de energia prânica. Substâncias quentes, cortantes e pungentes ou estilo de vida pouco saudável e o uso de substâncias nocivas aumentam desproporcionalmente o tejas, o que resulta na queima e perda de ojas.

Ao nível espiritual, tejas é a chama ardente da inteligência pura, que precisa ser mantida clara por meio de uma mente pura, um coração aberto e uma vida harmoniosa. Graças ao tejas, o ser humano pode experimentar o poder da sua luz interior.

Prana - a Energia Básica da Vida

Prana é a energia da vida,responsável pelo funcionamento dos sistemas respiratório e circulatório, juntamente com o sistema músculo-esquelético e as funções sensoriais do corpo. É a força motriz da atividade cerebral superior (memória, pensamento, emoções), do sistema cardiovascular, especialmente da atividade do coração, e da oxigenação dos tecidos do corpo e das células individuais. A energia prânica também acende o fogo central do corpo (agni).

Prana controla as funções biológicas de ojas e tejas. Recebemo-lo da atmosfera, dos alimentos e da água. Entra em nós com a respiração e é reabastecido por meio da dieta e fluidos com base na absorção, especialmente no intestino delgado e no cólon. Se os pulmões e o trato intestinal estiverem enfraquecidos, o corpo não receberá prana suficiente e a pessoa perderá energia vital.

A respiração tem efeito na relação harmoniosa entre a energia masculina racional e a energia feminina intuitiva na forma de inspiração e expiração alternadas pelas narinas direita (masculina) e esquerda (feminina). O ritmo regular e calmo da respiração é, portanto, uma ferramenta importante para o controle consciente das nossas emoções e pensamentos e para o aprofundamento da consciência espiritual.

Desordens ao Nível de Ojas, Tejas e Prana

Todas as três substâncias (prana, tejas, ojas) têm o seu lugar no chakra do coração e, ao mesmo tempo, permeiam todo o corpo e a mente. Se o dosha vata se desvia, o ojas começa a secar demais, ocorre perda de peso e desenvolve-se o síndrome da fadiga crónica.

No caso de um dosha pitta altamente elevado, o tejas pode aumentar, o que pode literalmente queimar o sistema imunológico. Neste caso, surgem doenças graves, chamadas de autoimunes, nas quais as células do corpo começam a produzir anticorpos que destroem células aparentemente saudáveis, como é o caso da doença de Bechter ou de Crohn, gota, febre reumática, esclerose múltipla, psoríase, dermatite ou Síndrome de Reynaud.

Se o fluxo de ojas for bloqueado devido ao kapha acumulado, surgem sensações de dormência, peso nos membros, inchaço nas articulações ou lipomas, juntamente com o desenvolvimento de diabetes, obesidade, colesterol alto e pressão arterial. Glaucoma também pode ocorrer.

Renovação da Energia da Vida

Para uma boa imunidade, a força e o equilíbrio das energias subtis prana, tejas e ojas são tão importantes quanto o nosso equilíbrio individual de vata, pitta e kapha. A saúde destas energias essenciais permite que o corpo enfrente adversidades a nível físico e mental, enquanto rejuvenesce continuamente os tecidos individuais e as suas funções fisiológicas, contribuindo para a longevidade.

A preparação Ayurvédica tradicional Chyawanprash, um elixir de ervas baseado na fruta celestial Amla ou Amalaki, manteiga clarificada (ghee), mel e dezenas de ervas Ayurvédicas, que são adicionadas à mistura em vários estágios de preparação, ajuda a restaurar e regenerar estas três energias vitais. O mesmo acontece com o  leite, manteiga clarificada (ghee),o mel, a curcuma, o arroz, amêndoas, passas e espargos.

Elixir Ayurvédico Chyawanprash que fortalece a Imunidade

Chyawanprash é uma geleia nutricional de ervas que é conhecida na medicina ayurvédica como o "elixir da vida" pelos seus efeitos revitalizantes. É composto por uma combinação única de ervas, que com as suas propriedades antioxidantes beneficiam a saúde gastrointestinal, o funcionamento ótimo do sistema imunológico e a complexa vitalidade dos tecidos corporais.

Uma velha lenda diz que em tempos antigos, o sábio Chyawan restaurou a sua juventude e a boa saúde ao consumir a fruta Amalaki em combinação com outras ervas e assim viveu até uma idade muito avançada. Desta forma foi criado este elixir de ervas excecional, que foi denominado Chyawanprash.

 

Related Products

Terapias Ayurvédicas

Desconto -10%
Visite a nossa loja